domingo, 26 de agosto de 2012

Chuva de bençãos

1 comentários

O bom de servir a um Deus vivo (Mateus 16:16) é que o buscando o sempre o encontraremos (Jeremias 29:13), pois, ele está bem perto de todos aqueles que o invocam (Salmos 145:18).

Sempre me pego a pensar o quão bom e maravilhoso Deus tem sido comigo, mas me intriga o porquê de tantas bênçãos e maravilhas na minha vida, pois, mui fraco sou, estou muito longe de ser um varão perfeito e sempre estou a escorregar nas cascas de bananas que aparecem no dia a dia, ou seja, não há merecimento algum em mim.

Lógico que minha vida não é só maravilhas, também tive e tenho as lutas, mas até nisso o Senhor tem sido comigo, pois, não tem me deixado só nas pelejas por nem um só minuto e ao fim sempre me dá a vitória.

Conversando com um amigo e irmão sobre o assunto, ele me disse que estes meus questionamentos é um sinal de humildade da minha parte, e que tenho que aceitar as coisas como elas realmente são, ou seja, Deus se apraz em me abençoar e embora eu não enxergue merecimento, o Cara lá de cima vê.

Dias destes, tarde da noite, deitado em minha cama, mais uma vez me questionando o porquê de tanta benevolência eu questionava: “Senhor, não há merecimento algum em mim, porque chuva de bênçãos tem derramado em minha vida?” , e o Senhor, por meio do seu Espírito Santo me deu a resposta: “Você e nenhum outro pecador também não merecia que eu desse minha vida na cruz por vocês, e eu o fiz por amor, ainda que achas que seja muito o que tenho feito na sua vida, isto chega a ser nada perto do que fiz por amor da humanidade na cruz”... Meu coração se aquietou e dormi contente.

Geralmente as pessoas que vivem uma situação, estando dentro a enxergam  de modo bem diferente daqueles que estão fora dela.

Provavelmente, na época em que Moisés conduzia os israelitas pelo deserto na fuga do Egito para Canaã, nesta peregrinação que durou 40 anos, muitos por falta de fé ou fadiga devem ter pensado que estavam perdidos ou que Deus não era com eles, mas quem estava fora da situação, assim como nós hoje, enxergamos como um dos momentos de mais pura manifestação do poder divino na vida do seu povo, ou seja, por 40 anos eles estiveram no deserto e foram guardados por Deus, em todo esse tempo Deus enviou maná e fez brotar água para eles, ou seja, não tiveram nem fome e nem sede.

Tem se tornado comum a pessoas me chamarem de anjo (o que sei que não sou) e dizer que tenho sido instrumento de Deus em suas vidas para abençoá-los. Sempre que escuto isso, fico cético e penso que as pessoas exageram ou são carentes demais.

Mas andei a pensar, é mais ou menos como no caso que citei do deserto logo acima, eu que estou dentro da situação a enxergo de um modo, quem está fora enxerga de outro, para mim são simples coisas, mas para quem está fora são grandes coisas, a ponto de me agradecerem por isso, quase sempre me constrangendo.

Terça passada, quase chorei diante de mais uma pessoa que me agradeceu, engoli as lágrimas e voltei para casa a pensar, foi aí que me lembrei de uma pregação de anos atrás, onde foi me dito que naquela noite Deus mudava meu nome para Israel, e que abaixo de mim haveria muitas pessoas e todas elas seriam abençoadas.

Hoje compreendo que tudo que tudo isso é promessa de Deus na minha vida, que realmente não tenho merecimento algum, mas é algo que Deus faz para que quem está fora perceba o poder de Deus na vida daquele que o serve. Eu não era nada, por conta da situação e do ambiente em que cresci eu era o tipo de pessoa que todos acreditavam estar destinada ao fracasso, mas Deus me exaltou, além de onde imaginei chegar um dia.

Obrigado Deus por estar na minha vida e por tudo que tem feito na minha vida, conceda-me sabedoria e entendimento para lidar com todas as situações e pessoas, que onde eu pisar com meus pés o Senhor esteja comigo, onde colocar as minhas mãos as tuas estejam sobre a minha, que quando eu abrir minha boca o Senhor unja os meus lábios. Enfim, que eu possa dar um bom e fiel testemunho da tua Palavra e, principalmente, que não me deixe tomar pela vaidade.

1 comentários:

Irlandês disse...

Meu irmão Mário,

Que belo texto-oração!
Creio eu que das coisas que Deus pai mais se alegra em encontrar no homem é a humildade. Bem aventurado o homem que tem Deus como Senhor e reconhece que Ele é tudo na sua vida.
Que Deus continue a usar de ti, seja pessoalmente com conselhos as pessoas próximas que te rodeiam ou virtualmente, aonde teus conselhos e reflexões inspiradas pelo Espírito Santo possam alegrar almas no nordeste do Brasil, na América do Norte, em partes da África e também aqui nessa chuvosa e ventosa Irlanda.

Que tua última frase Deus cumpra na tua vida e que nunca a vaidade em pensar que és algo além de um servo de Deus tome teu coração.

Na paz que Cristo nos deu com Deus,

Henrique P.

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação