segunda-feira, 23 de julho de 2012

Mude o foco!

14 comentários
Não importa que na nossa vida os momentos de alegria sejam infinitamente maiores do que os momentos de tristeza, algumas pessoas insistem em valorizar (reviver/remoer) as coisas ruins e geralmente olham os problemas com uma lente de aumento que faz com que os problemas pareçam maiores do que eles realmente são.

Ainda ontem alguém com os olhos cheios de lagrimas me disse: "Nunca fiz mal a ninguém, porque tenho que passar por isso?".

Ao que respondi: "Porque teu Pai que está no céu quer te capacitar e sabe que você é capaz de encontrar a solução e superar este obstáculo, o fato da sua luta ser grande é o prenuncio que uma grande vitória está por vir. Conte com Deus, ele é o Médico dos médicos e pode curar qualquer doença, ele é um justo Juiz e pode fazer justiça, ele é balsamo consolador e pode aliviar as dores das feridas que te afligem e até carreto  Deus faz, ou seja, ele pode ajudar você a carregar aquilo que está pesado demais... Mas Deus é sistemático, ele só cura, intercede e dá ganho de causa, traz o remédio para dor e também faz o carreto se solicitarmos a ajuda Dele, você tem orado?".

Se foque em encontrar as soluções, não foque nos problemas, não fique revivendo/remoendo o passado, porque o passado não muda, não fique ansiando pelo dia de amanhã, pode ser que ele nem chegue para você, por isso, viva um dia de cada vez, e tente viver cada dia da melhor forma possível.

A imagem ilustra bem a situação em que focamos nas coisas erradas.

Mude o foco!




14 comentários:

Henrique disse...

Irmão Mário,

Bela reflexão.

Esses dias vendo um filme histórico de Moisés, quando foi aberto o Mar Vermelho para o povo passar, vi algo no filme que nunca tinha pensado a respeito. O fundo do mar não é uma planície. Como há vales, montanhas, buracos, depressões na superfície, no fundo do mar é igual. Também tem seus vales, montanhas, buracos.

Tem vezes que “temos um mar à nossa frente”. Queremos que Deus o abra para que possamos passar, mas também queremos que ele aplaine o caminho no fundo do mar, tapando buracos, valados, baixando montanhas, etc. e que também, porque não, nos carregue no colo também...

Fique na Paz de Deus.

Henrique P.

Mari's. disse...

A paz de Deus!

Texto bastante interessante, e que cabe a mim.
Me pego muitas vezes reclamando o pq de estar em determinada situação... E também já questionei a Deus.
Primeiro, se me encontro em algum momento de prova, luta ou dor, na maioria das vezes eu sou a culpada, por não analisar o resultado de alguma ação. Deus é amor, misericórdia... Não é o Deus castigador, carrasco, e o que eu estrou passando não é um castigo Dele.
E indo à igreja ontem me deparei com uma Palavra muito parecida a esta publicada por você em determinado momento da exortação o cooperador no atendimento da Palavra, algo do tipo "Você reclama com você, com o seu Deus, mas... você tem orado?", e eu me lembrei desse texto e tive que comentá-lo.

Às vezes o cristão se esquece a força que tem a sua oração, e quão misericordioso é o nosso Deus.

Fique com Ele.

Regina Farias disse...

Mário,

Engraçado como os textos que leio são sempre correlatos...

Antes de ler este teu texto, estava refletindo acerca de um outro texto (e comentários) que li sobre 'louvor' em um blog muito popular e me lembrando que anos atrás, quando meu filho Leo sofria com um problema no joelho (já tendo se submetido a duas cirurgias sem sucesso), eu acordava e dormia orando e cantando louvores. Aquela disposição que o Espírito de Deus colocava no meu coração trazia cada vez mais força para enfrentar a situação com sabedoria, pois ele continuava sofrendo muito, não só com as dores, mas principalmente com os transtornos que um problema assim causa a um jovem cheio de adrenalina, impedindo-o de executar suas mais simples atividades, alterando inclusive o humor.

Então, enquanto em continuava cantando muitas vezes sozinha e baixinho, um dia vieram umas pessoas para orar aqui com a gente; e uma delas era uma missionária (que nunca vi mais gorda rss) e que após a oração, me falou com serenidade: 'O Senhor me mandou te dizer que está ouvindo o teu louvor'. Aquilo me consolou, enchendo o peito de uma enorme alegria. (Acho que já falei isso aqui em outra postagem rss). Bem, o certo é que somente muito tempo depois é que caiu a ficha e eu fui entender que o louvor de adoração e gratidão não é pra ser feito jamais como negociação, mas para que Deus nos dê a Sua paz, é para que fiquemos em paz sabendo que tudo está no Seu controle, ainda que seja durante a tempestade e ainda que essa tempestade pareça não ter fim.

E, quanto ao joelho do meu filho, só ficou definitivamente curado, quando o pai dele decidiu pagar 'o cara' especialista em joelho, Dr. Romeu Krause, e que já não constava mais em nosso plano de saúde.

Quanto às lições, certamente ele as teve pois um sofrimento assim não surge do nada para nada! Eu creio!

Glórias pois a Deus, eternamente!!!

Henrique disse...

Regina,

Senti muita alegria no teu post. É gostoso quando acontece coisas assim, que Deus realmente manda alguém nos dizer algo e conforta nossos corações.

Hoje em dia tem tanta gente que "se acha mandada por Deus"... Como você sabe, na CCB há muito deste enfoque ao Espírito Santo, consequentemente há muita coisa errada... mas de vez em quando há alguns acertos, que mesmo sendo simples e serenos, enchem a alma com alegria.

Que Deus continue tendo misericórdia de nós.

Henrique

Mari's. disse...

Regina,

Estava passando por processos bastante complicados em casa com o meu pai doente, e até a pouco meu avô agora falecido, no trabalho e no meu relacionamento (do trabalho já resolvido, graças a Deus!) e nesse momento da minha vida, acredito que foi o impulso para que eu realmente me aproximasse e adorasse a Deus de maneira sincera.

Se eu disser que não peço a resolução desses problemas é mentira, e eles já vem perdurando há algum tempo, mas o conforto que tenho recebido a cada oração ou quando vou à igreja, fazer visitas, ou apenas examinando a Bíblia já é de grande valia.

Não fossem as minhas provações e o Senhor comigo em todas elas, mandando-me palavras de paciência, fé e perseverança acho que eu não serviria a Deus verdadeiramente.

Saudações,

Deus vos abençõe!

Regina Farias disse...

Mari,

Sem querer consolar vc, pois sei que o Pai faz isso com soberania, já prestou atenção que as provações sempre vêm em 'pacote'? Nunca é algo isolado. E mesmo assim, Ele não nos abandona, impulsionando-nos a adorá-Lo cada vez mais, e, como você mesma diz, de maneira cada vez mais sincera e verdadeira... Enquanto vamos sendo moldados.

E é claro que a gente pede a resolução de alguns problemas que só Ele pode resolver. Mas sabemos que o mais maravilhoso é adorá-Lo nas circunstâncias...

Deus a abençõe!

Regina Farias disse...

Então, Henrique. Confesso que sempre antipatizei com certas investidas e sempre me armei mesmo contra esse lance de "Deus mandou dizer..." justamente porque presenciei muita farsa e/ou pretensão e até mesmo uma ingênua empolgação equivocada na própria CCB onde tenho muita gente da família e alguns amigos. Mas essa - que diga-se de passagem, não era uma CCB, mas uma AD (soube depois)que inclusive segue essa mesma linha - simplesmente me pegou de surpresa, deixando-me silenciosa. Apenas acenei com a cabeça um discreto sim, recebendo de bom grado o seu abraço, enquanto meu coração ia sendo invadido por uma imensa alegria. E isso somente Deus pode nos proporcionar, nunca tive dúvida disso!
Abs!

Regina Farias disse...

Mário,

Você consegue acessar o blog 'Bereiano', do Ricardo?
Sempre que tento aparece uma telona vermelha alertando que tem vírus no blog dele. :(

Abs...

Mario disse...

Regina,

Estou tendo a mesma dificuldade.

Abs

Mari's. disse...

Regina e Mário,

tive o mesmo problema, mas tem um link "continuar mesmo assim". Cliquei e ó, tô aqui viva pra escrever esse comentário... Rs!

Mario disse...

Mari,

Eu quase cliquei, mas bateu aquele medo de infestar o computador com vírus rsrs

Samuel Moura disse...

A Paz de Deus, queridos!!

Acessem meu blog!

http://simplespalavrasgrandesefeitos.blogspot.com.br/2012/08/o-crente-do-seculo-xxi.html

Samuel Moura disse...

A Paz de Deus, queridos!!

Acessem meu blog!

http://simplespalavrasgrandesefeitos.blogspot.com.br/2012/08/o-crente-do-seculo-xxi.html

Regina Farias disse...

Mari,

Você foi mais corajosa do que nós rss
Tô com o Mário nessa.
Só fico um pouco frustrada, pois gosto muito das colocações do Ricardo...

bjs!

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação