domingo, 8 de janeiro de 2012

A língua mata (sobre a fofoca)

4 comentários
São sábios os provérbios populares que nos ensinam sobre o poder e o perigo das palavras que saem da nossa boca: "O peixe morre pela boca"; "Em boca fechada não entra mosquito"; "palavras são como flechas, uma vez disparadas não voltam e podem ferir"; "palavras são como o vento que pode levar frescor ou um cisco nos nossos olhos", esses são apenas alguns exemplos.

Primeiramente, não devemos nos esquecer que se num momento fofocamos com algém, em outro momento este alguém certamente estará com outro fofocando sobre nós.

As Escrituras Sagradas também nos alertam sobre os perigos e o poder da nossa língua: "É isto o que acontece com a língua: mesmo pequena, ela se gaba de grandes coisas. Vejam como uma grande floresta pode ser incendiada por uma pequena chama!;  A língua é um fogo. Ela é um mundo de maldade, ocupa o seu lugar no nosso corpo e espalha o mal em todo o nosso ser. Com o fogo que vem do próprio inferno, ela põe toda a nossa vida em chamas" (Tiago 3:5-6).

Quem faz fofoca nem sempre tem boas intenções: "O homem perverso espalha contendas, e o difamador separa os maiores amigos." (Provérbios 16:28).

O fogo se apaga por falta de combustível, fofocas alimentam com palavras a chama da contenda: "Sem lenha, o fogo se apaga; e, não havendo maldizente, cessa a contenda. Como o carvão é para a brasa, e a lenha, para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas.  As palavras do maldizente são comida fina, que desce para o mais interior do ventre." (Provérbios 26:20-22).

A maneira como usamos nossa língua nos diz muito sobre quem somos: "O homem bom tira do tesouro bom coisas boas; mas o homem mau do mau tesouro tira coisas más" (Mateus 12:35).

E até mesmo das palavras proferidas haveremos de dar contas naquele dia: "Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo" (Mateus 12:36).

Por isso "Evita, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam passarão a impiedade ainda maior" (2° Timóteo 2:16).

Clame ao Senhor que unja seus lábios: "Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios" (Salmos 141:3). Isto é bom para você e para as pessoas que estão a sua volta. Nem dê ouvidos para que as pessoas usem sua língua "carregada com veneno mortífero" (Tiago 3:8).

Que as palavras que saem da sua boca sirvam de remédio para as feridas dos aflitos e conforto para os que sofrem por algum motivo: "Alguém há cuja tagarelice é como pontas de espada, mas a língua dos sábios é medicina" (Provérbios 12:18).

Afinal é isso que a Bíblia, que é a Palavra de Deus, e única perfeita regra de nossa fé nos instrui: "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem" (Efésios 4:29).

E ela nos adverte que os maldizente não herdarão os céus (1° Coríntios 6:10).

A Bíblia já nos diz tudo o que precisamos saber acerca da fofoca, mas há uma história de fofoca envolvendo o filósofo Sócrates que nos ensina 3 regras práticas para levar uma história adiante, vejamos:

As três peneiras
Um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:- Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!- Espera um momento – disse Sócrates – Antes de contar-me, quero saber se fizeste passar essa informação pelas três peneiras.- Três peneiras? Que queres dizer?- Vamos peneirar aquilo que quer me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres dizer-me é verdade?- Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.- A segunda peneira é a da BONDADE. Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da bondade. Ou não?Envergonhado, o homem respondeu:- Devo confessar que não.- A terceira peneira é a da UTILIDADE. Pensaste bem se é útil o que vieste falar a respeito do meu amigo?- Útil? Na verdade, não.- Então, disse-lhe o sábio, se o que queres contar-me não é verdadeiro, nem bom, nem útil, então é melhor que o guardes apenas para ti.
 
Tem um outro ditado que diz que mentes sabias falam de idéias e mente vazias falam de pessoas... então, por favor, opte em ter conteúdo.

4 comentários:

max disse...

ApdD
Irmão Mário,edificante este post que o irmão expós.muitos da ccb onde antes eu congregava deveria lê-lo e colocar em prática,assim evitariam muito choro como o meu.

Regina Farias disse...

Provérbios 6:16.19

Seis coisas o SENHOR aborrece, E A SÉTIMA A SUA ALMA ABOMINA:

1- olhos altivos
2- língua mentirosa
3- mãos que derramam sangue inocente
4- coração que trama projetos iníquos
5- pés que se apressam a correr para o mal
6- testemunha falsa que profere mentiras
7- E O QUE SEMEIA CONTENDAS ENTRE OS IRMÃOS.

('CAPS' MEUS)

R.

Regina Farias disse...

'A língua põe em chamas toda uma carreira humana'
E quando não mata pessoas,literalmente, causa grandes danos, muitos deles irreversíveis. Pois que ela mata relações, sonhos, projetos...

Tiago, ao referir-se à língua, nos adverte que a inveja, o sentimento faccioso, a amargura e a mentira vêm de uma 'sabedoria' demoníaca.

E, como ele mesmo diz, TODOS nós tropeçamos em muitas coisas. E que a língua aponta para o mal ou para o bem denotando se a pessoa está ou não envolvida pelo Espírito de Deus.

NENHUM dos homens é capaz de domar a língua - diz ele. O que significa que, em algum momento de nossa vida, cometemos um equívoco, uma injustiça, um mal a alguém.

Portanto, fiquemos atentos e nos sujeitemos a Deus que promete nos guiar e nos fortalecer quando desistimos do nosso 'eu' egoísta. O nome disso é submissão. Nessa submissão não nos tornamos perfeitos, mas temos a garantia de que estamos sob Seus cuidados.

E essa submissão, que nada tem a ver com performances, trata da nossa alma para que vivamos em paz, reconciliados com Ele, com nós mesmos e com o outro.

Thyago Marcel disse...

Muito bom Mário, eu fico feliz em pesquisar na internet e ver q ainda existem pessoas que se encarregam e se responsabilizam por conteúdo construtivo na internet. Hoje em dia, por mais que as pessoas não se ineteressem muito para esse tipo de assnuto, ele está aqui, para que quem tem sede possa beber.... parabéns...
Tenho um site www.antoniojoaonews.com e gostaria de saber se posso compartilhar suas informações no site, claro que com um link direcionado para seu blog, não quero me apoderar do seu trabalho, quero apenas ajudar a divulgá-lo... obrigado

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores