quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

A Bíblia no celular

1 comentários
Já postei aqui sobre a Bíblia e o celular  tentando estimular a reflexão de como seria se tratássemos a Bíblia como tratamos nosso celular, hoje vou escrever um pouco sobre a Bíblia no celular.

Tem gente que por vergonha de assumir sua fé não gosta de andar com a Bíblia na mão, já outros andam com ela debaixo dos braços, mas por pura vaidade, é como se ela fosse um mero adorno ou simbolo cristão, e há os que creem que a Bíblia é a Palavra de Deus e é poder e sabedoria na vida dos cristãos e por isso ela é uma poderosa arma para estar sempre em suas mãos.

Hoje com os avanços da tecnologia de comunicação móvel é possível sempre ter a Bíblia ao alcance das mãos.

Atualmente quase todas as fabricantes de celulares deixaram de produzir aparelhos que apenas fazem ou recebem ligações, a moda  já há um tempo é Smartphone, que nada mais é do que um celular inteligente, pois, tem um sistema operacional semelhantes ao Windows da maioria dos computadores, com isso, as pessoas conseguem baixar programas que desempenham atividades que auxiliam as pessoas no cotidiano ou que servem apenas como entretenimento.

Os Smartphones mais conhecidos são os que usam sistema operacional Android (Google), IOS (Apple), Symbian (Nokia) e BlackBerry.

E para celulares com estes sistemas operacionais é possível ter acesso a milhares de programas, pagos ou gratuitos, que permitem sempre ter em mãos para consulta a Bíblia Sagrada.

Confesso que sou amante dos livros, gosto de tê-los em mãos, tenho pelo menos 4 versões de tradução da Bíblia impressa, mas por curiosidade baixei a versão gratuita do aplicativo da Bíblia desenvolvido pela LifeChurch.tv , com ele é possível ler ou escutar a Palavra de Deus sempre que eu quiser, esteja onde estiver.

Me surpreendi com a ferramenta, mesmo sem sinal de internet é possível consultar diversas traduções da bíblia, em vários idiomas. 

O que me chamou atenção foi os recursos, excelente para quem faz estudos bíblicos, é possível fazer pesquisas usando referencia ou palavras chaves e os resultados são mostrados quase que simultaneamente, semelhante ao que disponibiliza a Sociedade Bíblica do Brasil em seu site.

No aplicativo que baixei é possível marcar ou comentar determinado capítulo/versículo e depois consultar estas marcações em qualquer lugar a partir de um computador conectado a internet, além disso, é possível compartilhar a Palavra de Deus ou os seus comentários e marcações através das redes sociais como Facebook e Twitter.

O aplicativo ainda permite você criar planos de leitura por período de tempo, assunto, toda a Bíblia e temática jovem.

E se você é daqueles que não lê a Bíblia com a desculpa que falta tempo, com este aplicativo ou outros similares, se você quiser é possível escutar toda a Bíblia em um ano ou o tempo que você definir, você pode escutar enquanto está dirigindo ou enquanto está no ônibus indo para o trabalho ou escola. O legal é que as vozes da narração se alternam de acordo com o personagem e o contexto, e isto torna mais interessante o acompanhamento. 

Pesquisando o que mais tinha disponível gratuitamente para o segmento religioso me deparei com o Hinário Cantor Cristão. 


Com a Bíblia e o hinário no celular, logo a igrejas terão que mudar a recomendação sobre seu uso desses aparelhos durante os cultos, ao invés de pedir para desligarem, terão que pedir para as pessoas colocarem no silencioso e usem apenas para consulta da Bíblia e/ou hinário.

1 comentários:

Daniel disse...

Acredito que a modernidade deve ser aliada ao Evangelho.

Por muito tempo invenções da modernidade foram dadas de bandeja a Satanás, hoje, graças a Deus, vemos denominações, que antes eram contra a tv, terem seus próprios canais, como a Rede Boas Novas da AD.

Jesus disse que os filho das trevas são mais sábios que os filhos da luz. Tudo que é válido para evangelização e para o crescimento espiritual deve ser utilizado.

Pena que não tenho celular, deu até vontade de comprar um...

Abraço.

Ah, esse teu blog deve estar meus comentários, fiz alguns sobre o encerramento do ano e não foram publicado.

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação