segunda-feira, 2 de maio de 2011

Ajude a levar esperança aos surdos de Senegal

0 comentários
 
No Senegal há mais de 12 milhões de habitantes e cerca de 20 línguas e dialetos. No país existe um grande número de pessoas com deficiência auditiva, poucos têm acesso à escola, especialmente os que moram nas aldeias fora da capital, Dacar. Os pais dos deficientes auditivos são supersticiosos, crêem que seus filhos são amaldiçoados e, por isso, os escondem da sociedade.

No país não existe nenhum trabalho específico de evangelização de surdos. Para atender suas necessidades básicas o secretário executivo da União das Igrejas Evangélicas no Senegal convidou o casal missionário da Junta de Missões Mundiais, Walter e Alzira Freire, para que imple-mentasse um projeto específico para eles. Os obreiros contam com o apoio do pastor da Primeira Igreja Batista de Dacar, Pierre Celestin, e com o responsável pelo ministério de evangelismo e missões da igreja.


Os missionários aceitaram o desafio e, no desejo de cumprir a missão para a qual o Senhor os separou, estão trabalhando para a implementação do Projeto Surdos do Senegal. A previsão é de que, em um ano e meio, seja formado um grupo de no mínimo 10 intérpretes. Elas estarão envolvidas diretamente no projeto, aptas para se comunicarem na linguagem de sinais, e serão os futuros mobilizadores de outras igrejas para a formação de equipes de trabalho.


O Projeto vai treinar voluntários das igrejas para o ministério entre os surdos e, com isso, alcançar também seus familiares com a mensagem do Evangelho. Visa também promover a profissionalização dos surdos e o atendimento deles conforme a necessidade.


Nesta fase de imple-mentação do Projeto há algumas necessidades: material de formação para as equipes; aquisição de uma casa, sustento para um casal que cuidará dos alunos e espaço para montar oficinas com profissionais voluntários nas áreas de informática, mecânica, conserto de eletrodomésticos, marcenaria etc.


Os missionários precisam também de apoio financeiro para colocar o maior número possível de surdos nas escolas existentes, através do sistema de apadrinhamento. Essa será também uma maneira de eles manterem contato constante com as crianças e suas famílias, mostrando desta forma o amor de Deus.

Se você deseja que também os surdos ouçam de Cristo no Senegal, participe desse Projeto!


0 comentários:

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação