domingo, 10 de abril de 2011

O be-á-bá do evangelho começa em casa

1 comentários
Assim como muitos pais transferem para a escola a responsabilidade de educar seus filhos, muitos cristãos transferem para a igreja a responsabilidade de evangelizá-los.

A igreja tem sim uma grande importância na vida de qualquer cristão, seja criança ou adulto, mas a responsabilidade de ensinar os filhos os caminhos retos do Senhor é primeiramente dos pais, vejamos: “Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.” (Deuteronômio 6:6-7).

E é importante que as crianças desde cedo sejam ensinadas sobre a Palavra de Deus, porque está escrito: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” (Provérbios 22:6)

Mas qual a utilidade da Bíblia na educação dos meus filhos? 

A própria Bíblia responde: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” (2° Timóteo 3:16-17)

Independente de igrejas, os pais devem ensinar aos seus filhos sobre a importância do sacrifício de Jesus sobre a cruz, o porquê de isso acontecer e no que ela impacta na vida dos cristãos.

Deve se ensinar os filhos a ler a Bíblia sem o auxilio dos óculos denominacionais e dos próprios pais, e principalmente,  deve se ensinar que além da leitura a Palavra de Deus deve ser praticada diariamente. Assim eles terão condições de deixar de engatinhar na fé e andar com as próprias pernas.

O ensino do evangelho começa em casa e de modo pratico,  o esposo amando a esposa, os pais amando os filhos, e vice-versa,  assim acabam ensinando os filhos sobre a importância do amor ao próximo (Mateus 22:39), inicialmente entre os membros da própria família, mas que também deve ser estendido para fora dos muros da nossa casa.

O ensino do evangelho começa em casa, quando os pais ensinam aos filhos que da mesma forma que Deus nos perdoa por nossas dívidas e ofensas, nós também devemos perdoar aqueles que nos ofendem (Mateus 6:12) , e se perguntarem quantas vezes se deve perdoar, deve se dizer que tantas vezes quanto o pedirem perdão .

Na correria da vida cotidiana pode ser que alguém diga não ter muito tempo para abrir a Bíblia e ensinar seus filhos, mas o que importa não é o tempo dedicado ao exame das Escrituras Sagradas, mas a qualidade desses estudos.

Pais bem alicerçados na Palavra de Deus podem ajudar a estruturar a vida espiritual de seus filhos, e assim vocês e seus filhos poderão dizer: “Eu e a minha casa servimos ao Senhor” (Josué 24:15)

Quanto a igreja, os pais devem levar seus filhos, mas nunca por obrigação, e sim porque eles aprenderam que para eles é uma boa coisa. 

Também cabe aos pais, que tem mais discernimento, supervisionar o aquilo que é ensinado aos seus filhos na igreja, bem como, ajudar na fixação do aprendizado.

1 comentários:

Regina Farias disse...

Texto simplesmente perfeito!

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação