quinta-feira, 3 de março de 2011

Congregação Cristã na América Latina

0 comentários
O surgimento das Congregações Cristãs se deu na cidade de Chicago, em Illinois, nos Estados Unidos, no ano de 1907, quando uma pequena comunidade evangélica italiana experimentou do derramamento do Espírito Santo, no movimento pentecostal da Rua Azusa, liderado pelo pastor batista William Durham.

Tempos depois, o movimento se estendeu a outras cidades dos Estados Unidos e Canadá. Outras nações também receberam o testemunho das maravilhas de Deus: Itália (1908), Argentina (1909), Brasil (1910) e Panamá (1910).

Na Argentina, os irmãos Giacomo Lombardi, Luis Francescon e Lucía Menna pregaram o evangelho aos moradores de San Cayetano e Tres Arroyos no estado de Buenos Aires, fundando em janeiro de 1910 a Assembléia Cristã na Argentina, a primeira denominação pentecostal fundada na América Latina.

Algumas almas já haviam se convertido, mas depois de muitas perseguições, em 1913, nossos irmãos foram embora para Chicago. Somente em 1917 a obra foi retomada, através dos irmãos Narciso Natucci e Francisco Anfuso, que retornaram a Argentina e começaram a pregar as boas noivas entre os italianos que viviam em Buenos Aires.

Após o surgimento do movimento na capital Argentina a obra logo se expandiu para Mendoza, Sante Fé e outras regiões do país.

Infelizmente a igreja teve muitas divisões, surgindo assim na Argentina às denominações: Igreja Evangélica de Villa Devoto, Assembléia Cristã de Deus é Amor de Santa Fé, Assembléia Cristão de Villa Lynch, entre outras. Da igreja fundada por Francescon e Lombardi, na Argentina, se originaram mais de 600 denominações pentecostais.

Nos anos de 1960 alguns irmãos do Paraná, no Brasil começaram uma obra missionária no estado, foi quando visitaram as igrejas centrais de Santa Fé, Villa Devoto e Villa Lynch. Nessa ultima convidaram-na a se unir com a obra do Brasil e outras nações, sobre o nome de Congregação Cristão da Argentina, fato que se concretizou em 1965.

Paralelamente no Chile, entre os anos de 1909 e 1915 houve um grande avivamento entre os metodistas. Entre eles estava Valdivo Espisona, de Concepción, que fundou a Igreja Cristã Universal.
Desde de 1950 havia uma pequena igreja da Congregação Cristã em Arica, onde congregava um ex-padre católico e uma família brasileira, eles não tinham conhecimento da Igreja Cristã Universal no centro do país.

No ano de 1967 houve uma conferência pentecostal no Rio de Janeiro, onde um ministro pentecostal do Chile encontrou uma grande similaridade entre a Congregação Cristã no Brasil e a Igreja Cristã Universal e colocou seus lideres em contato. Depois de muitas orações, visitas e correspondências, as igrejas se uniram no Chile, passando a se chamar Congregação Cristã no Chile.

Nos anos de 1930 alguns trabalhadores uruguaios foram a Buenos Aires em busca de emprego e lá encontraram algo mais precioso: o evangelho. Assim se formaram igrejas no Uruguai, mas não havia muita cooperação e organização entre elas, então o ancião Rodriguez de Paysandu entrou em contato com a igreja brasileira e os irmãos organizaram a Congregação Cristã no Uruguai.

Uma pequena comunidade de italianos vindos de Calábria emigraram para a Venezula depois da Segunda Guerra Mundial. Entre eles haviam poucos fiéis, que com alegria, pregavam a palavra da salvação a seus compatriotas e venezuelanos. Assim surgiu a Assembléia Cristã Italiana de Caracas com Ianuzzi e Verdi como ministros. Pouco tempo depois vieram dos EUA e Brasil algumas pessoas para ajudar-los, entre eles Foti, Miguel Spina e Vitório Angare. Todos em comunhão decidiram ligar-se a irmandade do Brasil com o titulo de Congregação Cristã na Venezuela.

A Congregação Cristão na Bolívia surgiu em 1980 com Joaquin Alves que veio com sua família do Brasil para pregar o evangelho aos povos ao norte de Santa Cruz. O inicio dessa obra foi muito difícil e esteve por anos sem cultos regulares na década de 1970. Então o boliviano David Canido Gutierrez que vivia no Brasil retornou e se tornou ancião. Nesta época, muitos irmãos brasileiros, por diversas razões, se estabeleceram em diferentes cidades da fronteira do país. A igreja então começou a prosperar e surge uma nova igreja em Santa Cruz de la Sierra.

A Congregação Cristã no Paraguai surgiu em 1960, mas somente dois anos depois Joaquin Alvez fez o primeiro batismo em Assunción. Outras igrejas surgiram principalmente no departamento do Alto Paraná e Canindeyu pelos irmãos brasileiros. Hoje a Congregação Cristã do Paraguai tem quase 300 congregações e pontos de pregação.

Além desses países, a Congregação Cristã também está presente nas seguintes nações latino-americanas: Costa Rica, El salvador, Equador, Guatemala, Guianas, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Peru, Republica Dominicana e Suriname.


Referências Bibliográficas

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação