sábado, 12 de dezembro de 2009

Brasil - a verdade nua e crua

4 comentários

Muito se escreveu e falou na mídia sobre o discurso em que o presidente Lula falou um "palavrão", gostaria apenas que os críticos do presidente se indignassem da mesma forma com as cenas mostradas no vídeo, a realidade nua e crua do Brasil.

4 comentários:

Regina Farias disse...

Estranho como as pessoas só veem o que querem ver.
Veja que comentário capcioso fizeram ao atribuírem os aplausos a um palavrão citado pelo presidente.
Veja a inversão maldosa do contexto, como se o presidente fosse um ignorante comandando um bando idem.
Ora, o "povão" não o aplaudiu porque ele falou um palavrão.
O povão o aplaudiu porque nunca viu nenhum discurso dirigido a ele, o povão. Muito menos discurso com coisas concretas.
O aplauso foi pra isso.
Quem diz que foi pra palavrão, o faz por pura maldade ou alienação. Ou os dois.
Isso sim é o pior dos palavrões em dose dupla, é diabólico!

Tomai e Comei: Aqui nasce um novo reino. disse...

"Qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que possui, não pode ser meu discípulo" (Lc 14,37). Os 11 discípulos respeitaram isto. Os primeiros cristãos também. Apenas Judas preferiu o dinheiro e a propriedade particular. Você se considera Judas, o traidor, ou discípulo? Se você se considera Judas temos algo em comum e muito a conversar.

Isaias Medeiros disse...

Bonito, né queridão? Você critica os críticos do Lulla por eles censurarem as suas baixarias dizendo que aqueles devem se preocupar com os problemas sociais do país, mas se esquece que o maior responsável por estas mazelas é exatamente o criticado em questão. Abraço.

anonimo disse...

Mas se o presidente falou que o povo estava na merda,então porque ele não tirou o povo da tal merda?Ele ficou 8 anos no poder saiu entrou outro do mesmo partido que foi colocado por ele e até agora não tiraram o povo da merda,como uma pessoa pode ser tão mentiroso assim? Falar é facil quero ver é fazer!

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação