domingo, 31 de maio de 2009

Pratique a Bíblia

12 comentários
Às vezes penso que a Bíblia e o hinário tornaram-se apenas meros adornos para os ccbeianos, pois, apesar de em todos os cultos, quase a totalidade dos membros fazerem acompanhamento da leitura do capítulo bíblico a ser exortado e/ou cantar os hinos de louvores e suplicas a Deus, que são inspirados nas Sagradas Escrituras, são poucos os que refletem e praticam as coisas que se lêem na Bíblia ou cantamos do nosso hinário durante os cultos. Nem mesmo o ministério que deveria ser exemplo o faz.
.
Vejamos alguns exemplos:


Hino 180: “se muitos soubessem que grande prazer tem quem o Egito deixou, não mais ficariam no mundo a sofrer”. É impressionante, mas podemos num mesmo culto cantar este hino e ler o evangelho de Mateus 11:30 (Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve). E mesmo assim somos ensinados e aceitamos que o crente é chamado por Deus para ser provado, ou seja, é liberto do mundo mas continua escravo, qual é o prazer que esse hino se refere??? Tem gente que não vai na igreja por medo de Deus falar com ele(a).


Hino 185: “Setenta vezes sete – Ao teu irmão perdoa, assim falou ao mestre ao ser interrogado”. Imaginemos agora a seguinte situação, no mesmo culto cantarmos este hino e lermos João 8:11 (E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te e não peques mais). Em teoria tudo bonito e correto, mas na pratica não se perdoa nem uma única vez, coitado daquele que for “pecador de morte”, pode ter sido cantado este hino e exortada essa palavra, que após o culto seu erro será impiedosamente julgado e sua liberdade caçada, muitas vezes, sem o direito a defesa.


Hino 207: “Eu sou a porta que ao céu conduz, Disse Jesus, Disse Jesus, Porta que leva a senda de luz, é só Jesus, só Jesus”. Agora em um culto cantarmos este hino e lermos I Timóteo 2:5 (Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem) e o pregador ter a coragem de dizer que a CCB é a graça, me desculpem pela palavra, mas isso é sacanagem.


Hino 162: “É a Bíblia a palavra – Que ilumina nossos pés”. Podemos em um mesmo culto cantar este hino e ler II Timóteo 3:16 (Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça) que se alguém, baseado nas Escrituras, dizer que algo não está batendo com a Bíblia logo lhe dirão que está atribulado e/ou é reformista, pior que isso, é dizer que a letra mata (como forma de inibir as comparações das nossas praticas com os ensinamentos bíblicos), costumam dizer que devemos pedir a guia de Deus, que peçam nossos ministros a guia antes de responderem os questionamentos, o Espirito Santo não visita nem guia o irmão(ã) que senta no banco???


Hino 217: “Nos resgatou e nos lavou; Com Seu precioso sangue, Cristo redentor; Nos libertou e nos salvou; Do mundo e do pecado, Cristo salvador”. Podemos em um mesmo culto cantar este hino e ler Tito 2:11(Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens) que ainda tem pregador que se sente a vontade dizer que a salvação é apenas para o povo zeloso e de boas obras, pra que não fique duvidas: os da CCB.


Bom acho que é isso, a Bíblia não podemos mudar (Apocalipse 22:18), mas, podemos mudar nosso comportamento. Seja mais que um mero leitor mecânico da Bíblia, seja mais que um crente de faxada que se ampara nas aparência exteriores, seja um cristão que não apenas lê ou canta a Bíblia, mas, seja um cristão praticante. Não há diferença entre a fé oca dos que confiam em suas estatuas e amuletos e o cristão que não aplica as escrituras, por isso, Pratique a Bíblia!

12 comentários:

WildViolin disse...

Hoje você se superou. Que texto excelente! Meus parabens.

Daniel disse...

Mário, como vai?

Belo texto, como sempre.

Caia da cadeira com o que vou narrar:

Sexta-feira fui congregar na minha comum, e um ancião da Bahia que ficou alguns meses aqui para tratamento médico da esposa, estava atendendo o culto pra se despedir da irmandade.

Na hora da palavra, ele com aquela calma, que é característica de todos os bahianos, anunciou a palavra: Efésios 2! A salvação é pela graça.

Tudo muito bonito na leitura, na exortação, deu vontade de ir embora, só não o fiz porque tinha que conversar com o cooperador.

O caro irmão, insistia que a salvação é pela graça e não pelas obras, pensei, que bom está ensinando o correto pro povo, ai de uma hora pra outra, ele dizia, e esta graça, é a Congregação... a Graça Maravilhosa!!! e pra nós sermos salvos devemos ser firmes e fiéis!!

Meu Deus, ou é pela graça ou pela instituição, ou é pela fé, ou é pelas obras!

Um rolo só.

Bão, no cômputo final, a pregação foi a uma das mais heréticas que já vi.

Não tem jeito, ou se crie um cartilha, explicando nossa doutrina, ou essa situação não acaba nunca.

É isso, até,

Abraço,

Paz de Deus

Cristão CCB disse...

Irmãos Marcos e Daniel obrigado pelos comentários!

Daniel, estou bem graças a Deus. Bom, não caí da cadeira, sabe porque??? Isso também aconteceu na minha comum, foi pregado Efésios 2, houve uma maravilhosa exortação, nem acreditei que estava escutando que a salvação é pela graça dentro da CCB, pensava que realmente o Espirito Santo estava guiando aquela palavra, fiquei maravilhado, mas, no final o ministro também defecou na explicação dizendo que a CCB é graça, tive a mesma reação que você, ou seja, vontade de ir embora. Não fui, prefiri ignorar o final da palavra e ficar com a parte boa.

Sabe o que penso??? Que o Brás está orientando esses tipos de pregações, ou seja, preguem o que todos já sabem, que a salvação é pela graça e não pelas obras, mas, deixem claro que a CCB é a unica embaixada na terra que carimba o passaporte de salvação. Assim eles satisfazem os que sabem da verdade bíblica sobre a salvação e mantêm cegos os que aceitam essa pregação herética.

Deus abençoe!!!

Isaias Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristão CCB disse...

Irmão Isaías, obrigado pelo eleogio. Não tem do que ser perdoado, não é intromissão da sua parte fazer comentários. Eu não acho que os erros da instituição deva ser motivio de abandoná-la, se assim fosse o apóstolo Paulo não teria escrito tantas cartas, ou seja, ele teria saído daquele grupo social e da comodidade qual ele já gozava.

Onde há a necessidade de irmos anunciar o evangelho???? Nos lugares onde ele ainda não chegou e /ou os locais onde está corrompido, então sendo uma igreja pseudo-cristã mostra que este é um terreno que precisa ser semeado. E outra, ilusão seria sair em busca da igreja perfeita, não existem. Até frequentei por um tempo algumas denominações que tenho por sérias, mas, me deparei com igrejas de mercado, que se comportam como grandes corporações que precisam aumentar seu marketshare.

Sem lutas, não há vitórias. Posso ser um covarde e sair, abandonando pessoas quais amo, ou ficar e tentar ajudá-las. Fico com a segunda alternativa.

Deus abençoe!!!

Isaias Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cristão CCB disse...

Não abro mão das coisas essenciais do cristianismo, tanto é que edito este blog como forma de abrir os olhos dos que ainda estão na segueira. Mas, faço mais que isso, tenho tentado evangelizar meus próprios irmãos ccbeianos, tenho falado com alguns ministros sobre coisas que acho divergentes, é uma tarefa árdua porque me exponho, mas, por saber como eles pensam faço de uma maneira que não seja tão agressiva, mas, estimulam as reflexões, e olha, já notei mudança no discursos de alguns, principalmente nestes pontos que fazem com que a CCB seja classificada pelos teologos/acadêmicos como seita pseudo-cristã.

Nem ia tornar isso publico aqui, mas, ontem dei o passo mais importante rumo aquilo que acredito, deixei meu cargo de auxiliar de jovens e menores, pois, não ter comunhão com determinadas pregações heréticas e compor o ministério é como se eu as apoiasse. E quero que fique claro que não apoio.

No mínimo vão refletir, sobre meus motivos para tal decisão, pois, sempre dei bom testemunho, fui participante de obras grandiosas, procuro abrir a boca com sabedoria, enfim, não é alguém que empurra a fé com a barriga.

Deus abençoe!

Isaias Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

ApdD e a PdSr.Amigos, sou ccbista, e concordo com Cristão CCB. Tenho 25 anos de CCB, e tudo esta mudando de pouco a pouco,mas, ta mudando. Faz tempo que não vejo irmão falando isso, que só a CCB salva, mas sim, que a salvação está por fé em Jesus Cristo,e pelo amor existente em Deus. Que tudo depende de Jesus para salvar. Tanto que nunca vi tanta mocidade de CCB, participar de shows evangélicos, como vejo hoje, e que suas mentes estão mais abertas, e não esta existindo mais esta diferenciação entre denominações. Também já fui em várias outras igrejas(denominações)exemplo: ADD;Deus é Amor;Quadrangular,Presbiteriana entre muitas outras. Fui na Assembléia e na pregação do Pastor, por Deus ele me mandava voltar para onde eu estava, que lá que Deus iria me abençoar. Acredito que onde pregam a Jesus Cristo, Deus e o Seu Espirito Santo, e condiz com a bíblia,isso é de Deus e leva a salvação. Acredito que não devemos é ficar ai,desfazendo da CCB, como se lá não houvesse bençãos de Deus, como existe em outras denominações. Amigos, vamos caminhar junto,vamos pregar juntos, vamos louvar juntos, pois quando Jesus voltar, nós todos possamos fazer parte da grande multidão, os escolhidos de Deus. Por amar a Deus,e andar nesta terra com retidão. Deus vos abençoe. Emerson Douglas ApdD

Cristão CCB disse...

Amém! a CCB não mudou, o que mudou foi o povo, por isso, temos uma CCB bem diferente de 20 anos atras. Espero que o fato de deixarem de lado determinados discursos se deva ao fato de compreender o evangelho como ele realmente é, e não por conveniencias e preocupações de ordem legal. Ainda não vi este fenomeno de ccbeianos participarem de shows evangélicos, mas eu já congreguei algumas vezes com os irmãos batistas e também metodistas. A CCB é uma igreja maravilhosa e muito abençoada, mas assim como as demais denominações, também tem seus problemas. As vezes as pessoas tem a impressão que os membros que falam das coisas ruins da sua igreja estão desfazendo da sua denominação, nem sempre isso acontece, algumas vezes estamos apenas lutando pela aplicação do evangelho em sua essencia.

Deus abençõe!

Anônimo disse...

Em 2 Ts 2:11: “é por este motivo, pois, que Deus lhe manda a operação do erro, para darem crédito à mentira”.
Pare com isso induzindo irmãos a não acreditar na palavra de DEUS
É muito triste ver como as pessoas crêem tão facilmente na mentira e não dão crédito a verdade.
A Igreja do Senhor não pode ser abalada, mas sim buscar mais e mais revelações do Senhor para que a nossa palavra de testemunho tenha muito mais eficácia do que a mentira.
Cuidado com suas palavras, é preciso cuidado irmão naquilo que vos estais a falar, daqule que tem autoridade para vos falar, você diz: " isso está errado" ou "tem que ser aquilo" “ele deveria falar assim”, nem tudo é o que parece e nem tudo é o que vem aos nossos ouvidos, olhos ou que o nosso coração sente é. Deus tem um propósito em cada palavra.

Acorda irmão, porque estás difamar a obra de Deus, disvirtuando aquilo que Deus mandou seu servo falar. Paulo ao pregar disse que um jovem dormiu e caiu da janela. CUIDADO para você não cair e ainda derrubar da graça mais irmãos e terás que prestar contas diante do DEUS Altissimo.

Deus te manda esta mensagem, para ouça com atenção o que Deus te fala:

Deus te abençoe e abra seus ouvidos para ouvir a verdade.

http://www.apalavradedeus.org/ouvir/20101128-Romanos13.htm

Adilson Freitas

recadosfreitas@gmail.com

Cristão CCB disse...

Caro Adilson, a paz de Deus seja contigo.

Os cuidados que devo ter ao escrever as linhas que dão origem a este blog é o mesmo que os ministros devem ter ao pregar uma Palavra, afinal, a Palavra guiada pelo Espirito Santo pode levantar o abatido, mas uma Palavra sem a guia pode levá-lo a perdição.

Que Deus nos abençoe e ilumine!

Fraterno abraço,

Mario

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação