quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O Pentateuco

0 comentários
Os cinco primeiros livros da Bíblia são denominados “Pentateuco” – uma palavra de origem grega que significa “Cinco Estojos” – uma referencia a cada um dos estojos (caixas e/ou vasilhas) que protegiam os papiros, nos quais estes livros foram redigidos, da deterioração provocada pela ação do tempo. É composto pelos livros de Genesis (origem), Êxodo (saída), Levítico (referencia aos levitas), Números (censo) e Deuteronômio (segunda lei). Os cinco primeiros livros da Bíblia também são adotados pelos judeus, porém, o livro sagrado dos judeus é denominado Torá (que em hebraico quer dizer instrução/ensinamento/lei), os nomes de cada livro também são diferentes, são eles: Bereshit (do hebraico: no principio), Shemoth (do hebraico: nomes), Wayiqrá (do hebraico: e ele chamou), Bemidbar (do hebraico: no deserto) e Debarim (do hebraico: palavras). Tanto cristãos quanto os Judeus aceitam que o autor dos cinco primeiro livros dos seus Escritos Sagrados é Moisés.
Uma das particularidades do Pentateuco/Torá é que as narrativas foram criadas especificamente para instruir o povo de Israel e regulamentar a sua conduta nos âmbitos da ordem, da ética pessoal, da ética social e religiosa.




Quem foi Moisés: o autor do Pentateuco???


Um hebreu da descendência de Abraão (pai das muitas nações), nasceu em um período conturbado, onde os herdeiros da promessa estavam sofrendo a dominação dos egípcios, que matavam toda criança do sexo masculino como forma a manter o povo hebreu em regime de escravidão.
Após Moisés (em egípcio: das águas o tirei) nascer sua mãe conseguiu esconder o menino durante três meses (Ex. 2:2), porém, com dificuldades em esconder a criança colocou-o em um cesto e o largou a beira do rio, onde foi encontrado e adotado pela filha de Faraó, princesa do Egito.
Ao matar um egípcio que espancava um hebreu (Ex. 2:11) Faraó determina que Moisés seja morto, por isso, Ele foge do Egito para Midiã onde foi acolhido por um sacerdote que cedeu Zípora - uma de suas sete filhas - como esposa, com quem teve um filho por nome Gerson (sou peregrino em terra estranha).
Em Midiã permaneceu durante 40 anos, até o dia em que Deus em meio à sarça ardente determinou que Moisés retornasse ao Egito para libertar o povo Hebreu da servidão aos egípcios (ex. 3:10).
Moisés hesitou em fazer tal coisa, primeiro não se julgando digno de tal feito (Ex.: 3:11), depois disse que não seria recebido pelos hebreus como um enviado de Deus(Ex.3:13), Moisés também temia que os hebreus não cressem ser ele um enviado de Deus (Ex.4:1), mesmo diante das respostas e sinais que o Senhor lhe concedeu Ele não estava convencido de que era capaz de libertar seu povo, pois, se achava pouco eloqüente (Ex. 4:10).
Depois de tanta teimosia Moisés finalmente atendeu a vontade do Senhor e volta ao Egito (Ex. 4:20), e finalmente os hebreus são libertos ((Ex. 12:37). Deus operou grandes milagres, como a passagem do povo através do Mar Vermelho. Através de Moisés também tornaram-se conhecidas “Os Dez mandamentos”, ele também é conhecido por condenar a idolatria e cobrar santidade do povo.


Muitas vezes fazemos como Moisés, ou seja, hesitamos, teimamos e demoramos em atender a Deus, ainda que como você se julgue indigno(a) ou incapaz procure atender ao Senhor, pois, nos ensina a Palavra de Deus: “tudo posso naquele que nos fortalece” (Filipenses 4:13) e “Porque para Deus nada é impossível” (Lucas 1:37), mesmo que em dado momento podemos nos ver acuados pelo inimigo e sem saída jamais se esqueça que foi em um momento assim que Deus abriu o Mar Vermelho para que seu povo passasse.


Referrências Bibliograficas:


Bíblia Sagrada – Almeida Revista e Atualizada

http://www.bibliaonline.net/


http://www.vivos.com.br/


http://pt.wikipedia.org/

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação