sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Cinema e TV

21 comentários
Na noite da sexta-feira passada estive congregado numa Reunão de Jovens e Menores que é realizada na igreja central em horário diferente para dar a oportunidade que jovens que trabalham aos domingos participem das reuniões de jovens. Boa coisa fez o ministério local ao instituir esta reunião.
Chovia muito na sexta-feira e mesmo assim a igreja estava cheia, foram ao todo 273 recitativos, louvado seja Deus.
A Palavra daquela noite foi Salmo 118:09-16, e a exortação cinema e televisão. Lamento que debaixo daquele toró de água, num ajuntamento de tantos jovens, o ancião não usou o tempo da palavra para ensinar algo espiritual para as crianças e mocidade ali presentes, gastou os 40 minutos de palavra pregando contra a telinha e a telona, que são máquinas - algo sem vida.
O que me espanta é que o ancião colocou a TV e o cinema como uma invenção do diabo para seduzir o povo de Deus, sem mesmo levar em consideração o conteúdo assistido. E se eu assitir um filme que retrata a Bíblia, a situação muda??? E se a programação tiver conotação educativa???
Mas porque crente não pode assitir filmes??? Porque temos que ser separados do mundo e estarmos no cinema é ter comunhão com os filhos das trevas que são acostumados com as trevas (luz apagada), essa foi a resposta do ancião.
Acho que essa pregação de uma igreja separada do mundo tem gerado muita hipocrisia tanto no meio da irmandade quanto no ministério, pois, muitas coisas a irmandade não cumpre e todas elas o ministério finge que não vê que são desrespeitadas.
.
Mas o que é ser uma igreja separada do mundo???
.
Almoçar junto de alguém que bebe durante a refeição, fuma durante uma conversa ou estar em lugares (escolas, hospitais, etc) onde existem incrédulos não é juntar-se a pecadores????
Não me digam que em um restaurante estarmos juntos de má companhia é inevitável porque temos a necessidade de nos alimentar, e que no cinema nós escolhemos estar no meio dos pecadores. Existem pessoas que comem por que sentem prazer, existem pessoas que fazem lazer gastronomico e isso é um divertimento tal como cinema e TV.
Quando leio a Bíblia nunca vi esse Jesus que se privou dos eventos sociais só porque ali estariam presentes pecadores, inclusive o seu primeiro milagre aconteceu em uma festa, também nunca percebi na Bíblia Jesus recomendar a seus discipulos que se isolassem do mundo, assim como faz ou tenta fazer a CCB e algumas seitas.
Em vez de ficar pregando contra a TV ou o cinema seria melhor ensinar os jovens que nossa fé deve ser suficiente para que não sejamos influenciados pelo mundo, e que como cristãos nós temos que influenciar o mundo a praticar coisas boas que agardem ao Pai que está no céu. Pra mim isso é ser sal da Terra e luz do mundo.
É necessário compreender que ser uma "igreja geograficamente separada do mundo" não garante que não nos assentemos junto de pecadores e escarnecedores, afinal, existem entre as quatro paredes das congregações e até mesmo no ministério alguns lobos em pele de cordeiros.
Também considero hipocrisia condenar o cinema e TV e não condenar as fotos, afinal, um filme é a reprodução de uma sequencia de fotos em alta velocidade com som.
Para não dizerem, que só tenho a criticar a palavra daquela noite, confesso que fico feliz porque o caro servo de Deus que presidiu a palavra naquela noite não é como a maioria que ignora a situação da igreja, ou seja, ele sabe que muitos dos jovens ali presentes frequentam o cinema e/ou assitem televisão, e segundo suas convicções religiosas ele deu os conselhos que julga serem apropriados para a situação. As vezes penso que melhor que falar contra a telinha e a telona seria que instruissem acerca dos conteúdos assistidos. Peguei uma instrução da palavra, mas fora de contexto, já que o irmão instruia acerca da TV e cinema, a instrução de que devemos nos consagrar, no final de semana estive rodeado de pessoas que o irmão rotulou de "pecadores" e "escarnecedeores", meditando na palavra tomei essa responsabilidade para mim, já sobre o cinema pra mim não tem nenhuma serventia, eu nem costumo ir ao cinema (porque não gosto, e não porque proibem).
Enfim com tanto jovens ali presentes o irmão poderia ter aproveitado a oportunidade e ensinar algo espiritual, que servisse como um tijolinho na edificação de uma vida espiritual sólida e firme, que dê sustentação para o jovem enfrentar e vencer o mundo sedutor.

21 comentários:

Anônimo disse...

porque escandalizar a obra acha isso util?nao ha edificaçao nenhuma,nao se preocupe, em qualquer igreja existem erros nao ha perfeiçao no ser humano,mas de tudo e de todos cuida DEUS ele nao precisa de criticos nas igrejas, aquele que nasceu predestinado a salvaçao nao se corrompe.É dificil julgar,nao sabemos se essa palavra foi inspirada pelo ESPIRITO SANTO ou nao,é melhor tomar muito cuidado pois o que sai da boca pode condenar a alma,na igreja onde me reuno para adorar a DEUS,aprendi que a multidao de palavras provem do tolo e que a voz do tolo é como o crepitar de espinhos no fundo de uma panela aos ouvidos.por isso pense bem voce pode estar incendiando um bosque,tenha amor aos seus, voce é membro e lembre-se muitas pessoas passam por aqui,esse seu descontentamento com a palavra pregada é um prato cheio para os criticos aqueles que odeiam a sua igreja.pois é mais uma critica para expor na internet nao se fartam em esnobar a congregaçao.

Anônimo disse...

olhe bem moço nao escandalize os seus,seja prudente cuidado com o que sai de sua boca pode condenar a sua alma as palavras que saem da boca é impossivel engoli-las de volta.Aprendi na Biblia que o muito falar é dos tolos e que a voz dos tolos é como o crepitar de espinhos no fundo de uma panela aos ouvidos de DEUS.Em todas as igrejas ha erros nao existe perfeiçoes no ser humano,para os criticos esse seu descontentamento com a palavra pregada é um prato cheio.

Cristão CCB disse...

Amado(a) a paz de Deus,

Apenas relatei um fato, falar a verdade é diferente de escandalizar, falar a verdade não mata almas. O fato de eu comentar e você achar que isso é motivo de escandalo aos demais que por aqui passam apenas confirma o erro que é ficar pregando contra um aparelho ao invés de instruir jovens de como lutar e vencer o mundo.

Utilizo a internet para expor minha opinião porque dentro da igreja não há dialogo, e tocar no assunto é motivo para te chamarem de filhote de Ricardo Adam.

Ao atentarme para estas questões, nada faço de diferente do que nos instruiu o apóstolo Paulo em I Aos Corintios 10:15

" Falo como a criteriosos; julgai vós mesmos o que digo".

Os próprios apóstolos julgavam entre si as ações de cada um na condução da igreja (leia Atos 11), Deus se usou do apóstolo Pedro para anunciar o evangelho aos gentios, no momento em que os demais apóstolos tomaram conhecimento de que Pedro estivera junto dos gentios teve de retornar de Jerusalem para dar explicações aos demais sobre porque levara o evangelho aos gentios.

Deus abençoe,

Samuel disse...

Prezado Irmão,

Em que região foi essa reunião de jovens? Fiquei curioso pois uma reunião de sexta-feira é bem incomum. Gostaria muito de visitar essa igreja. Ouvi falar que em Campinas no Bonfim as reuniões de jovens e menores são na sexta. Foi em Campinas que o irmão congregou?
Outra coisa:
O irmão já participou de alguma Reunião de Mocidade atendida pelo irmão Arquimedes ancião da Lapa em São Paulo? Esse irmão é um dos mais usados por Deus para dar conselhos e viaja o Brasil inteiro atendendo reuniões. Os conselhos passados são muito edificantes e ajudam em muito na vida espiritual. Se ele um dia atender uma RM perto de sua região não deixe de participar.

Deus abençoe!

Cristão CCB disse...

Está se tornando comum as RJM a noite, em varias localidades, em pelo uma das congregações, há uma reunião a noite.
Sim, a Congregação do Bonfim em Campinas tem RJM às sexta-feira a noite, em Sumaré, Hortolandia e Piracicaba também têm RJM a noite.

Esta reunião que comentei foi em Piracicaba, acho que é a central da cidade.

Não, nunca congreguei numa reunião da mocidade presidida por esse irmão, mas louvado seja Deus que ele granjeie seus talentos e em contrapartida instrua e ajude a mocidade a servir a Deus em espirito e verdade.

Deus abençoe!

Jonathan Lira disse...

Não creio que seja bom discutirmos a palavra na net(assim tão publicamente), mas em relação a discutirmos os preceitos de fé e a nossa conduta perante a sociedade, outras questões, é legal.

Também tenho um blog e gostaria de conecher mais os blogs da CCB.

APDD

ps: o endereço do meu blog é blogdojonathan-lira.blogspot.com dá uma lida

Elisielly disse...

Nossa, pelo início logo imaginei que a RJM tivesse sido no Bonfim, em Campinas, mas só pelo fato da dura pregação contra televisão do jeito que você descreveu tive certeza de que não era. Isso porque, apesar dos nossos anciãos pela graça e misericórdia de Deus (digo isso porque odiaria ver a igreja que frequento transformada em uma baladinha "cristã") serem um tanto rígidos e talvez até cabeças-dura, aqui não se usa tanto esse tipo de pregação, posto que só se contamina quem quer se contaminar.
Sobre as RJM na central de Campinas, estão todos convidados, são toda sexta-feira às 19:30, no meu blog há mais informações - um dia posto comentando essas RJM.
Deus abençoe a todos.

Anônimo disse...

não precisa vc se espor na internet,para deixar suas criticas,que vc sabe e o que deixa de saber,se a palavra não serviu pra vc naquele dia tenha serteza pra alguem serviu,aonde o SENHOR JESUS esta tem obra o SENHOR não vem em vão numa igreja....se vc tem criticas para fazer vai até o ministerio converssa com eles e de sua opnião!acho que vc não é convertido pois quem abraça os ensinamentos..

Anônimo disse...

Apdd.. olha irmao axo q vc estava sem comunhao alguma na reuniao de jovens... pois c estivese na comunhao entenderia oq o espirito santo estava passando para igreja... APDD

Cristão CCB disse...

Amém!

Eu e a igreja estavamos na comunhão naquela noite, mas, algo mudou quando o ancião subiu pra pregar a palavra, todos já sabem qual é o tipo de pregação dele.

E assim ó nem comentei nada no texto, mas, penso que para alguém pregar de maneira tão energica contra a TV np mínimo essa pessoa não deveria assistir TV, o que não é o caso deste ancião. Foi uma pregação do tipo: faça o que eu digo e não o faça o que eu faço.

Deus abençoe!!!

Anônimo disse...

bom meu irmao se vc sabia ql seria a pregação do servo de DEUS, saisse dela e fosse buscar a palavra em outro lugar, cuidado c os comentarios em, falar contra o espirito santo pode se tornar blasfema

Anônimo disse...

O irmão pare de criticar a ccb,va congregar em outra denominação.

Anônimo disse...

Sou testemunhada a 4 anos e o senhor tem falado grandemente com minha alma principalmente na CCB da Lapa, tem se usado grandemente do irmão arquimedes e cada dia mais sinto a presença de Deus lá. Creio que o senhor fará a obra no momento certo e com todos vocês também. Acredito que não podemos julgar a palavra e a pregação dos ansiãos. Paz de Deus.
Cristiane - criscnves@bol.com.br

Anônimo disse...

Gente...Passei aqui por acaso,e li uma enxurrada de comentários sem nexo,pensem bem antes de escrever algo,comentar ou criticar,"Palavra de Deus"é "Palavra de Deus" e ponto.Mas infelismente tem Irmãos que sobem para pregar,expondo seus "PONTOS DE VISTA","OPINIÕES PRÓPRIAS" e isso tem mesmo,temos que largar a mão de sermos hipócritas e achar que tudo é "DEUS" que está falando.sabendo que no fundo não é bem assim

Anônimo disse...

Acredito que a ccb vive uma fase em que inumeros pregadores exercem seus ministerios de uma maneira carnal. E dessa forma não é possivel que sejam guiados por Deus, causando na igreja comentarios, suspeitas e trazendo consequentemente um desprazer em congregar em tal comum.O apostolo ensinou que orassemos para que a Palavra seja glorificada entre nós...Por outro lado não convem ficar levantando controversias, mas tambem não nos deixemos enganar, pois aquele que conhece a doce voz de seu Pastor jamais seguira a estranho, que embora esteja se baseando na biblia, faz com que ouçamos, porque estamos ali... mas não da para engolir

Anônimo disse...

Amado, sou do paraná, desde de a minha infância
sirvo ao senhor. tenho observado nestes 30 anos de caminhada muitas obras belas e muitas coisas que não merecem créditos. A palavra de Deus, é a conduta do fiel, porém a falta de discernimento de alguns, achando ser o dono da obra, causa algum prejuízo. Mas Deus esta no comando, devemos deixar para ele o juízo, e quando tivermos a oportunidade de falar, falemos com a pessoa independente da posição na igreja. Perante Deus somos todos iguais, acredito que os anciães estão numa posisão menos favorárvel que nós perante Deus, posto estarem respondendo por um grande rebanho.

saudações

Amós de souza Lima
amossl@pop.com.br

Anônimo disse...

Acho que o ensinamento deve ser dada na igreja, aceite quem quiser e o nome já diz: OBRA DE DEUS NA TERRA,se o irmaõ usou o púlpito para falar bobagem como acha, ele vai dar conta de tudo diante de DEUS, caso contrário o autor do comentário que arcará com as consequências na presença do ALTÍSSIMO. Se o ensinamento não vier como será a OBRA DE DEUS no futuro?

Anônimo disse...

Irmão,vc tem que ver, que a palavra tem os dois lados,a doutrina, e benção, esse dia, a palavra veio para doutrinar a igreja,e o servo de DEUS, PREGA PELO ESPÍRITO DA GRAÇA, E ele não pode retorcer o que Deus coloca na boca dele, eu tenho certeza viva, que essa palavra veio para corrigir muitos e doutriná-las, pq nós vamos entrar no céu pela doutrina, nós estamos no mundo, mas não somos do mundo,nós somos a luz de Cristo, e não podemos ser como as trevas, pq se pudéssemos praticá-las tais obras,nós não precisávamos de doutrina, e o filho de Deus não teria dado sua vida por nós pecadores, pq pela doutrina vamos entrar no céu, pq são muitos chamados, e poucos escolhidos, por isso, não escandalize a palavra de DEUS E A DOUTRINA,para que vc não seja, chamado mas sim um escolhido.(fica em paz se vc não concordar com a palavra)

Angel disse...

Sou crente da CCB desde a minha infância mas ultimamente vejo com muito pesar alguns usarem o púlpito, mais precisamente a hora da Palavra, para destilarem suas opiniões. Não faz muito tempo ouvi uma pregação onde o irmão citou nomes de programações de TV criticando-os. Minha pergunta é: como ele sabia tanto??? rsrsrsr

Mario disse...

Angel, o problema não é ter TV, mas se deixar dominar por ela, pior mesmo é ser hipócrita e em público atacar e no privado se deleitar do aparelho. Fique na paz de Deus!

Márcio biólogo disse...

O problema não é ver TV. Nem se o que prega assiste também. O problema é que como a Bíblia nunca discorreu sobre isso, cabe a cada um analisar o que está assistindo, ou se está deixando de congregar para ver TV.

O maior problema mesmo, é transformar TV, cinema, roupa, cabelo, dízimo, teologia, etc, em cavalo de batalha e motivo para exclusivismo. Pregar contra a TV em si, é um desperdício do precioso tempo que o Ministro de Deus tem para ensinar seu rebanho. Vão ler mais, se aprofundar mais na Palavra e ensinar o que interessa. Os jovens crescem com medo de ver TV e ir no cinema, e quando adultos vão repetir igual papagaio que essa é a doutrina revelada pelo ES. Que ES?!? O ES não precisa revelar doutrina, pois ela já está aí há dois mil anos. Porém, quando forem perguntar a esses jovens no futuro: por que Jesus é Deus? Onde na Bíblia fala de trindade se nem essa palavra está lá? Aliás, por que tem que batizar em nome do Pai, Filho e ES? Prove que Jesus morreu e ressuscitou, e que realmente Ele nasceu de uma virgem! Jesus é um profeta, como Maomé, ou não? Jesus Cristo precisa mesmo que você dê uma força através de boas obras para entrar no Céu? Tenho certeza que a maioria não vai saber responder, e vai usar os velhos jargões...

Mas vai dizer que para entrar no Céu precisa se abster da TV e do cinema, além de usar roupa comprida no calor de 40 graus, e as mulheres nunca cortarem os cabelos...

Mais estudo bíblico e menos achismos (o ES tem uma baita costa larga com esses Ministros...)!

Postar um comentário

Comente, elogie ou critique a postagem, mas se porte como cristão, não use "palavrões" e nem ofenda pessoas ou instituições.

Seguidores

Divulgação